Fotos de Eventos RealizadosRefletindo Acessar WebMail



Como construir a casa dos sonhos! Indique para um amigo

Assim como na construção de uma casa, à medida que vamos construindo nossa família, precisamos também verificar se as colunas que temos em nosso casamento estão firmes o suficiente para mais um ano ou para mais uma etapa. Vamos considerar algumas colunas importantes para progredirmos na construção de nosso sonho segundo o projeto de Deus para nossa vida.

Entregar nosso casamento totalmente a Deus.

Primeiramente devemos verificar se temos entregado e confiado nosso casamento totalmente a Deus. Nossa entrega significa nossa dependência. O Senhor certamente é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos (Efésios 3:20). Porém Ele espera que Lhe entreguemos nossa vida e a de nosso cônjuge e confiemos a Ele a tarefa de nos ajustar e transformar. É crucial que creiamos que Deus é capaz de nos ajudar a superar as diferenças e frustrações da vida matrimonial. Cedo ou tarde precisamos reconhecer que não somos todo-poderosos e que todos os nossos esforços e tentativas de querer mudar nosso cônjuge são vãos.

Por outro lado, quando nos entregamos – a nós e a nosso cônjuge - a Deus, precisamos crer que Ele é Todo-poderoso!

Negar-nos a nós mesmos.

Segundo, por nascermos egoístas e egocêntricos, sempre pensamos apenas em nós mesmos e queremos que tudo gire em torno de nossas preferências e gostos. Muitas vezes não percebemos que somos ou temos sido o maior inimigo de nosso casamento e, por nossa causa, porque buscamos nossos próprios interesses e queremos que nosso cônjuge seja nosso serviente para realizar nossos sonhos e anelos pessoais, fazemos com que ele ou ela se distancie de nós e daquilo que queremos. Nesse caso precisamos aprender a seguir uma simples lição que o Senhor Jesus nos deixou: pelo Espírito, precisamos negar a nós mesmos. Isto significa que precisamos negar nossas preferências, ações, impulsos, opiniões e palavras, submetendo-as ao controle do Espírito Santo por meio da oração.

Para alguém negar a si mesmo é fundamental viver debaixo do iluminar da presença de Deus. É na presença de Deus que alguém pode conhecer a si mesmo e ver quão feios são seus atos e atitudes diante de Deus e das pessoas.

Sem a luz da presença de Deus, sempre nos acharemos os melhores, mais capazes, mais inteligentes, os que detêm o melhor ponto de vista... Porém, pelo iluminar do Espírito Santo, toda a podridão de nosso coração é exposta... Por meio do Espírito, somos levados a rejeitar nossos pensamentos, atitudes e palavras contra nosso cônjuge. Também, pelo Espírito, somos capazes de rejeitar nosso orgulho, usado por Satanás para instigar-nos contra nosso cônjuge. Somente a luz da Presença de Deus pode ajudar-nos a abrir-nos para receber ajuda de outros.

Quando nossos pensamentos não estão sob o controle do Espírito Santo, eles se tornam como um cavalo selvagem montado por Satanás cujo resultado são muitos coices naqueles que estão a nossa volta. Devemos rejeitar esses pensamentos selvagens e brutos. Uma boa maneira de verificar quem está no controle da mente é perguntar em oração: "Senhor, quem está me fazendo pensar assim? Quem está querendo me colocar contra meu cônjuge?". Depois de orar assim, devemos declarar: "Eu rejeito esse pensamento e condeno essa atitude contra meu cônjuge."

Obedecer à Palavra de Deus.

Terceiro, devemos gastar tempo conhecendo a Palavra de Deus. Principalmente no que se refere ao casamento, a Bíblia apresenta muitos exemplos, casos, princípios e ensinamentos sobre como um casamento pode estar debaixo do encabeçamento de Deus e debaixo de Sua bênção. Será muito bom perguntarmos: "O que a Bíblia tem a dizer sobre isso?" E depois devemos orar para que o Senhor nos conduza a obedecer e praticar o que a Palavra nos diz sobre determinado assunto. "Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes" (João 13:17).


Fonte: Jornal Árvore da Vida nº 145

 

 

Voltar

Rua Artur Machado 935, Boa Vista - Uberaba-MG