Fotos de Eventos RealizadosRefletindo Acessar WebMail



Dia a dia Indique para um amigo

“Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo! Deus é a nossa salvação” (Salmo 68:19)

Caro leitor, um dia desses, eu, o autor desta seção do JAV, estava fazendo minha leitura diária da Bíblia e o versículo acima, do Salmo 68, me despertou a atenção. Naquela mesma manhã, eu havia orado ao Senhor e confessado que a pressão que recebo no dia a dia era muito intensa, e que parecia que não ia agüentar mais, pois era algo além da minha capacidade de suportar. Chorei diante Dele, pedindo Sua ajuda, e reivindiquei a Sua presença para aquele dia, para que me tirasse daquela situação tão opressora. Sentia-me como se não houvesse mais saída, como se estivesse cercado dos quatro lados. Na minha profunda angústia, chamei ao Senhor em voz alta! Então fui para a sala de minha casa, comecei a ler a Bíblia e li o versículo acima, que me ajudou muito e me libertou daquilo que me oprimia.

“Bendito seja o Senhor que, dia a dia, leva o nosso fardo”. Eu me regozijei muito, porque o versículo diz: leva o nosso fardo. Senti-me aliviado, tendo a certeza de que foi a resposta do Senhor para a minha oração. Mas por que dia a dia? Percebi, então, que o poder para isso até que Ele tem, mas essa não é a maneira como Ele age. A verdade é que Deus deseja que o homem dependa Dele dia a dia, e viva em função Dele cada instante.

Sem o Senhor em nossa vida, não somos nada nem ninguém. Nele existimos e vivemos. Em João 6:57 diz: “...também quem de mim se alimenta por mim viverá” e em Atos 17:28: “pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos...”

Aprendi que não devo antecipar os problemas de amanhã, pois, cada dia tem o seu próprio mal. Bastam os problemas do dia de hoje. E, se o Senhor levou o fardo nosso de hoje, devemos, então, agradece-lo, pois mais um dia se passou e estamos vivos, sãos e salvos e em paz. Quanto ao dia de amanhã, quando ele chegar, deixemos que o Senhor leve o fardo daquele dia. Devemos viver no Senhor intensamente o dia de hoje, desfrutando Dele na Sua palavra e no Seu nome, e tendo comunhão com Ele.

Mateus 6:34 diz: “Portanto, não inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal”. Por sua vez, Mateus 6:11 registra: “o pão nosso de cada dia dá-nos hoje’. Novamente, o Senhor nos dá o nosso pão cada dia singular. Graças a Ele! Não há motivos de viver ansiosos, pensando no amanhã e depois, mesmos porque não temos controle nem do fio de cabelo que cai da nossa cabeça, assim, de nada vale se inquietar com as preocupações futuras, pois isso só nos deixará depressivos.

O versículo do Salmo 68 termina: “Deus é a nossa salvação”. Ele nos salva de cada situação difícil, de cada problema, de cada perigo, e, principalmente, Ele nos salva do nosso próprio ego. É por causa do ego que sempre queremos enfrentar as coisas do dia a dia por nós mesmos, à nossa maneira, e só nos lembramos do Senhor quando nos damos conta de que a solução está fora da nossa capacidade.

Naquela manhã percebi que o Senhor queria me ensinar algo. Ele me fez ver que deseja trabalhar em mim. Ele quer crescer em mim, me transformar, a fim de que eu seja maduro e expresse a natureza Dele no meu viver diário. Por intermédio de pressões externas e internas, Ele me leva a negar a vida da alma, para ganhar mais da vida de Deus em mim. Devo agir sempre confiando no Senhor e descansando nele, em vez de ficar sofrendo por confiar em mim mesmo. Por meio de sofrimentos, os elementos da natureza humana caída são queimados e purificados e a natureza divina aumenta mais em nós.

Em 1 Pedro 4:13 temos: “... alegrai-vos na medida em que sois co-participantes dos sofrimentos de Cristo, para que também, na revelação de sua glória, vos alegreis exultando”.. Aqui está a chave da nossa felicidade: “Já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim” (Gálatas 2:20).


Fonte: Texto extraído do Jornal Árvore da Vida (JAV), exemplar nº 193.

 

 

Voltar

Rua Artur Machado 935, Boa Vista - Uberaba-MG